Cinthia II

A chuva que nos deixa sem ter o que fazer, os ventos passados que empurram o futuro e minhas lentes azuis.

Cinthia IIEssa semana encontrei, quer dizer, com as chuvas e o frio, meu pai sem ter mais o que fazer começou a arrumar os armários, e arrumando encontrou uns CD´s antigos. Dentro de um deles, uma música com as definições mais lindas num discurso só.

Ela diz que arrependimento é uma inútil vontade de pedir ao tempo para voltar atrás e Belo é tudo que faz os olhos pensarem ser coração, meus olhos pulsam calorosos ao imaginar.

Calendário é onde moram os dias. Adoro. Uma vez uma médica me disse algo parecido, foi antes de um ultrassom de rotina. “Vamos ver se tem alguém morando aí dentro”. Foi gostoso pensar que eu podia ser o aconchego de alguém.

O Carnaval, esta oportunidade praticamente obrigatória de ser feliz com data marcada. #SQN

Contrato: “você isso, eu aquilo, com assinatura embaixo”. Nada mais banal.
Dedução, o caminho entre o “se” e o “então”. Muito difícil esse caminho.

A definição de defeito é uma das minhas favoritas: cada pedacinho que falta para se chegar à perfeição.

“Eba!” é bastante lúdico. Uma forma de agradecimento muito utilizada por quem ganhou um pirulito, por exemplo…

Grade já fica um pouco mais pesado: que serve para prender todo mundo – uns dentro, outros fora.

Jasmim que tem a sorte de ser flor e ainda tem a graça de se chamar assim.
L de “lá”, onde a gente fica pensando se está melhor ou pior do que aqui.

Lágrima, sumo que sai pelos olhos quando se espreme o coração.

P de “pecado”, algo que os homens inventaram e então inventaram que foi Deus que inventou.

Sexo quando o beijo é maior do que a boca.
Volúvel, uma pessoa que ora quer o que quer, ora quer o que querem que ela queira.
Zebra, quando você esperava liso e veio listrado (Muito bom!)

Zíper fecho que precisa de um bom motivo para ser aberto. Um grande beijo, talvez?

Tenho me pegado sorrindo, estou certa que tem a ver com as lentes que uso. Digo isso por conta de um provérbio hebraico que diz: “Tire suas lentes negras”, uma sugestão para que se veja a vida mais positiva, azul.

Fonte: Vagalume.